2014, um MVP de SQL Server a menos, mudanças e novidades

Bom Dia Pessoal,

Após mais de um ano sem blogar resolvi dar as caras e escrever alguma coisa por aqui. Dizem que o ano só começa na primeira segunda-feira após o carnaval, pois, mesmo quinta e sexta ainda tem muitos agitos por aí Brasil a fora. Pois bem, ano de 2014 realmente começando e estou aqui escrevendo o meu primeiro post de 2014.

Puxa quanta coisa andou mudando desde o último post e nesse pequeno início de ano em 2014 e vou compartilhar a seguir algumas das coisas que aconteceram que mudaram meus planos para esse ano.

O primeiro grande acontecimento nesse ano de 2014, ou melhor, em 31/12 de 2013 foi saber que eu não renovaria o título de MVP (que boa notícia para um reveillon). Confesso que não era uma ligação que eu esperava, mas ela acabou acontecendo. O interessante é que quando você vai renovar ninguém te liga e um email chega no dia 01 do seu ciclo (sou do ciclo de janeiro) que é exatamente o dia em que você é nomeado, mas se chegar um email no dia anterior e alguém de te ligar… Ah tiro e queda e comigo não foi diferente.

No momento em que vi o email e recebi a ligação da minha MVP LEAD, eu já sabia do que se tratava e em um pequeno espaço de tempo começaram a passar mil coisas pela minha cabeça. Afinal, porque eu não consegui renovar ? Tudo bem que deixei de blogar o ano de 2013 e minha participação nos fóruns Microsoft foram reduzidas a zero, mas isso não significa que eu não tenha contribuído. Hora foram vários vídeos no youtube e mais três eventos presenciais em que palestrei (duas edições do SQL Sat e mais uma edição do Codificando .NET e todas com as devidas comprovações).

Ainda assim, poderia dizer que a decisão foi injusta ? Indignar-me por achar que eu contribui mais que fulano que fez muito menos e ainda é MVP ou beltrano que não faz nada útil e ainda mantém o título ? Puxa, o que faltou ? Será que um vídeo a mais ia garantir ? Se eu tivesse feito mais palestras eu conseguiria o pontinho que faltava ? Será que uma presença maior na redes sociais teria bastado ? Bem, passou pela minha cabeça questionar, mas como disse para a minha MVP Lead na época, aquele não era o momento para fazer lamentações apenas agradecimentos. Injustiça ? Eu só poderia dizer isso se os critérios de obtenção e manutenção fossem conhecidos, mas como não são, não posso dizer que foi injusto. O fato é que tanto a conquista e a manutenção desse título são caminhos em uma estrada que não estão claramente definidos. Apenas os seguimos com a nossa intuição e colaborações para com a comunidade e alguém nos observa para ver se continuamos na trilha certa e por alguma razão eu deixei de ser notado.

Entretanto, vejamos por outra perspectiva que possa fazer sentido para a não renovação. Quando ganhei o título de MVP, minha marca registrada eram as enormes quantidades de participações no fórum (por muito tempo fiquei entre os primeiros TOP Posters) e as postagens no blog (que na época era do Windows Live). Tinha semanas que eram mais de 200 interações no fórum (sem contar o hercúlio trabalho de moderação) e minha média de postagem era um novo post a cada duas semanas no máximo. Tanta participação me rendeu o título e sua manutenção certamente. Entretanto, depois de um tempo é difícil acompanhar esse ritmo e ainda ter tanto assuntos para postagens. Resolvi diversificar. Apostei em novas participações. Postei vários vídeos, abracei os eventos presenciais, mas praticamente abandonei o fórum e o blog e enquanto eu pensava que essa era apenas uma mudança, o tomador da decisão pode ter interpretado que eu simplesmente estava abandonando a comunidade zerando minhas contribuições com esses canais.

Eu sempre soube que um dia esse dia chegaria, mas confesso que ainda tinha esperança de renovar mais uma vez. Já estava me preparando para visitar o Campus da Microsoft no próximo MVP Summit (que sem dúvida é um dos melhores benefícios de ser MVP) com a certeza de que provavelmente seria último. Infelizmente não deu. A renovação não chegou.

Independente disso, só tenho a agradecer a todos aqueles que me ajudaram, contribuiram e estiveram comigo e a Microsoft pelo tempo em que estivesse MVP (afinal ninguém é MVP pra sempre). A ajuda às comunidades me renderam incontáveis oportunidades como profissional e como pessoa. Ajudei a conhecidos, desconhecidos e até aqueles que não sabia que havia ajudado e isso sempre me fez muito bem independente das horas e da quantidade de trabalho que isso consumia.

Tive a oportunidade de ouvir de uma pessoa no meu primeiro SQL Sat que meus posts, minhas contribuições, minhas respostas ajudaram e incentivaram essa pessoa a mudar de vida, a sair de uma condição menos favorecida a realmente conseguir um emprego e ir em frente (e um dia eu conto a história toda). Tive a oportunidade de fazer amigos incríveis e conhecer um pouco mais de cada um além do SQL Server. Fui a Nova York, fui a Seattle e estive no Campus da Microsoft, conversei com gerentes de produto e dei opiniões para as versões futuras. Fui a vários CZ, a dois TechEDs e consegui encher um auditório com mais de 300 pessoas para escutar o que eu tinha a dizer. Fiz inúmeras consultorias para várias empresas importantes aumentando em muito o skill técnico, o networking e até o trato com as pessoas. Ministrei várias turmas de MOCs aqui em Bsb (acho que treinei boa parte da cidade) e isso rendeu várias outras coisas. Recebi diversos convites de trabalhos (dentre alguns que balançaram um bocado). Tive a oportunidade de palestrar no SQL Server DF e ter ilustre visita de pessoas de SP apenas para ver uma palestra minha. Puxa, se eu for pensar na gama de oportunidades e coisas boas que aconteceram, longe de mim lamentar alguma coisa. Pelo contrário, só agradeço a Microsoft por ter me proporcionado tudo isso.

Hoje esse título não me pertence mais, mas isso não me deixa triste e nem me faz me sentir menos. Sinto-me muito bem por ter feito parte desse seleto time de profissionais e desejo que outros que igualmente contribuem com as comunidades tenham a oportunidade de usufruir dos benefícios que eu tive e abraçar as oportunidades que me apareceram. A única coisa de que me arrependo foi não ter tido tempo pra baixar todos os softwares que eu queria rs, mas minha caixa de email está muito mais vazia (e os MVPs de SQL Server sabem bem o que quero dizer hehehe).

Na vida profissional estou mais afastados dos teclados e das queries. Mudei um pouco o rumo do barco. De analista, de DBA, de técnico passei a ser líder, gestor e coordenador. Dos problemas de espaço em disco, alto processamento, queries mal feitas pra resolver e scripts T-SQL, passei a ter de lidar com pessoas, orçamentos, projetos e questões políticas mais delicadas. Enquanto eu precisava entender apenas de SQL Server e seus agregados além de um pouco de Windows, agora tenho que conhecer (ainda que superficialmente) outras tecnologias como DB2, Netezza, Data Stage, etc. Uma mudança e tanto certamente, mas posso dizer que liderar uma equipe de banco de dados tão heterogênea também é um trabalho o qual me divirto um bocado na maior parte dos momentos. Adoro ir trabalhar e gosto muito da equipe a qual faço parte e sem dúvida é um trabalho o qual aprendo muito com todos.

Essa mudança do técnico para o gerencial realmente limita muito minhas participações na comunidade já que o foco mudou e isso era uma das dificuldades de me manter tão participativo. Entretanto, isso não significa que só porque perdi o título de MVP eu não vá mais contribuir. Estou de palestra marcada no SQL Saturday 284 em POA e aguardo vocês por lá. Tentarei fazer a melhor palestra possível. Poderei expor algumas das dificuldades que tivemos em um grande projeto de BI que estamos tocando.

O ano de 2014 também começou com uma excelente novidade. No final de janeiro descobri que vou ser papai pela segunda vez. Essa foi a primeira e talvez melhor notícia, pois, já era algo que estava planejando e aconteceu. Claro que na hora a gente fica assustado, mas que bom que aconteceu. Quem já é pai sabe a canseira que dá e os desafios que são, mas sem dúvida uma responsabilidade que rende boas alegrias e certamente muda tudo.

Também aproveitei esse ano para colocar em prática um hobby que eu havia deixado de lado tinha um tempão. Na minha adolescência, eu era fascinado por música eletrônica e atuei com DJ tocando em festas (e até cheguei a ser residente em uma boate). Épocas muito boas e sem dúvida estar mixando é terapia pra mim. Por que não retomar (ainda que apenas para ouvir meus próprios trabalhos) ? Já estou produzindo alguns SETs e compartilhando-os no soundcloud e no mixcloud pelos links http://soundcloud.com/gmasets e http://mixcloud.com/gmasets inclusive com as últimas compilações do fim de semana. Quem quiser aproveitar, blogar, comentar ou repassar será bem vindo.

Começo então 2014 por aqui. Obrigado a todos pelo carinho e vamos em frente.

[ ]s,

Gustavo

3 Respostas para “2014, um MVP de SQL Server a menos, mudanças e novidades

  1. Grande Gustavo…
    Lembro quando nos conhecemos pessoalmente no CZ no hotel fazendo em Paraguacu Paulista… Na epoca trocamos várias ideias sobre como fazer uma webcast e nem sonhavamos com MVP… O título veio como consequência do nosso trabalho na comunidade… É uma pena que você não tenha renovado o título, realmente foi uma perda enorme para nós, é um absurdo ter MVPs mula e você não renovar… mas, faz parte… não conhecemos o critério e também acho que não é hora de chororo…

    Realmente manter o rítimo frenético de publicações e contribuições não é fácil… Meu blog também anda um pouco parado… :-(

    Nos vemos no SQL Sat POA…
    Grande abraço.
    Fabiano Amorim

  2. Para mim, nao importa o titulo de MVP voce foi uma das minha primeiras referencias quando comecei a trabalhar com sql, e hoje para mim voce é um dos melhores!

  3. Alexandre eduardo

    Opa Gustavo!! Fico feliz pelo sucesso que está tendo em sua vida profissional! Desde quando assisti sua primeira aula na Hepta, dava para perceber seu nível de comprometimento e conhecimento, conseguia passar isso de uma forma bem fácil para meu entendimento, inclusive quando chegava ao nível mais detalhado. Eu achava legal quando conversávamos sobre um assunto de banco e você ia até o nível mais detalhado para explicar como o SGDB funcionava.
    Seu blog continua sendo referencia para tirar dúvidas, agora que estou trabalhando mais especificamente em banco(sem mexer com outros sistemas) estou passando a utilizar o fórum do Technet e o vejo em várias postagens tirando dúvidas.
    ah, parabéns!! Espero manter contato!

    Abraço,
    Alexandre Eduardo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s